Home NotíciasDestaques Às vezes é necessário ser “surdo”