Competição Internacional premiará ideia de design inovadora e sustentável com 10 mil euros

Competição Internacional premiará ideia de design inovadora e sustentável com 10 mil euros

Por Angélica Queiroz, especial para Coalizão Verde (1 Papo Reto, Neo Mondo e O Mundo que Queremos)

O futuro circular não é apenas imaginável – é projetável. Para fazer a transição do linear para o circular, o What Design Can Do (WDCD), em parceria com a IKEA Foundation, lança, no próximo dia 22, em São Paulo, o Make It Circular Challenge, concurso internacional que busca ideias inovadoras de design circular – produtos, serviços ou sistemas – que podem ser soluções para problemas do clima, em particular, e de sustentabilidade, em geral. O envio de projetos é online e gratuito e pode ser feito até 11 de janeiro de 2023.

Podem participar inovadores como designers, arquitetos, empreendedores da indústria criativa, entre outros. Os participantes são convidados a apresentar projetos que se encaixem nos temas: o que comemos, o que vestimos, o que compramos, como embalamos e como construímos.

No início de 2023, um júri de especialistas em design, impacto social e ação climática selecionará pelo menos 13 projetos. As ideias vencedoras serão transformadas em realidade com 10 mil euros em financiamento e um programa de desenvolvimento global co-criado com o Impact Hub Amsterdã, que inclui treinamento online, sessões de mentoria e um bootcamp presencial na Europa. Esse programa apoiará as equipes vencedoras a fortalecer ainda mais seus projetos e impulsioná-los até 2023 e além.

FAZER A ECONOMIA CIRCULAR
A maioria das economias hoje é baseada em um modelo linear, em que o valor é criado pela produção e a venda da maior quantidade possível de produtos. O problema é que esse modelo supõe que é possível crescer infinitamente, em um planeta que tem recursos finitos. Hoje é perceptível quanto essa hipótese estava errada, à medida que enfrentamos uma crise climática cada vez mais acelerada. Designers, arquitetos e fazedores têm a oportunidade, portanto, de moldar um futuro radicalmente diferente: restaurador e regenerativo por meio do design. Uma sociedade circular leva a economia circular a um passo adiante e considera as dimensões sociais e éticas de como as pessoas vivem suas vidas, do nascer ao pôr do sol.

“A capacidade de imaginar é o domínio ideal da comunidade criativa: ver o que ainda não existe, aceitar um desafio, seguir em frente com otimismo”, diz Richard van der Laken, cofundador e diretor criativo do WDCD.

Uma multiplicidade de atores precisa trabalhar na mesma direção para que consigamos reverter as mudanças climáticas, tanto que vários futuristas preveem que a próxima “grande coisa” serão na verdade várias pequenas coisas. “Entendendo isso, o What Design Can Do assume o papel de conector criativo, estimulando o encontro e a troca entre designers, arquitetos, empreendedores, ativistas e pessoas criativas em geral”, explica Bebel Abreu, diretora do WDCD Brasil. Segundo ela, a proposta é fomentar a cena por meio de realizações como os Challenges, conferências para a comunidade criativa, exposições e, neste fim de semana, enquanto curadores da programação sobre economia e design circular do Festival Internacional de Inovação Social”.

O lançamento da premiação no Brasil Make It Circular Challenge acontece no próximo sábado, dia 22 de outubro de 2022, durante o Festival Internacional de Inovação Social, o FIIS, no Parque Ibirapuera, em São Paulo. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 11 de janeiro de 2023 AQUI.

CHAMADA ABERTA PARA A CRIATIVIDADE
“Para onde vão as madeiras das podas das árvores do campus da USP? O que é feito com elas?” Foi a partir dessas perguntas que nasceu o laboratório vivo de design Dapoda, que projeta soluções para estender o uso da madeira de poda de árvores urbanas. Criada por designers e arquitetos estudantes da FAU USP, o grupo atua na produção de objetos, experimentação coletiva e capacitação relacionada ao tema. A iniciativa foi a proposta brasileira vencedora do No Waste Challenge, que premiou 16 projetos vindos de cinco continentes.

Em 2021, Caio Dutra, um dos idealizadores do projeto, viu sua ideia ganhar vida quando venceu a competição. ”O incrível Programa de Desenvolvimento ampliou nossos horizontes sobre empreendedorismo, pensamento criativo e modelos de negócios com impacto social, ambiental e econômico.

O financiamento nos permitiu iniciar a implementação dos nossos projetos (produtos e serviços) utilizando madeira proveniente da poda de árvores urbanas”, afirma, lembrando que viajou a Amsterdã para participar do Bootcamp presencial. “Pudemos fazer contato com outras iniciativas e pessoas maravilhosas que nos inspiraram e nos permitiram estabelecer parcerias em um nicho altamente desafiador, mas promissor”, conta.

ODS premio design coalizao verde 1 papo reto

SOBRE O DESAFIO
O Make It Circular Challenge segue o altamente bem-sucedido 2021 No Waste Challenge, que em 2020 recebeu 409 projetos enviados de 126 países diferentes, dos quais 85 foram selecionados e 16, de 9 países diferentes, foram vencedores.

O Make It Circular Challenge está ativo em seis cidades ao redor do mundo: Nairobi (com parceria do Kenya Climate Innovation Center), Tóquio (com parceria da Shibaura House), São Paulo e Rio de Janeiro (com parceria da Mandacaru), Delhi (com parceria da Quicksand), Cidade do México e Amsterdã.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE INOVAÇÃO SOCIAL – FIIS
A programação sobre Design e Economia Circular do Festival Internacional de Inovação Social (FIIS), que ocorre no sábado, 22 de outubro, das 10h às 20h, no Parque Ibirapuera – Auditório e gramado do Auditório, é assinada pelo What Design Can Do Brasil, com o apoio do Consulado dos Países Baixos em São Paulo. Toda a programação é gratuita.

Às 10h, haverá a abertura da Exposição “Design e Economia Circular”, em que figura entre os demais projetos vencedores do #NoWasteChallenge. Vão participar também Henriëtte Bersee, Consulesa dos Países Baixos em São Paulo, e Bebel Abreu, sócia do What Design Can Do no Brasil e da Mandacaru Design. Em seguida, até as 11h, o Dapoda, vencedor do No Waste Challenge, vai oferecer uma caminhada de reconhecimento das árvores do Parque Ibirapuera.

Às 11h20, no Auditório do Ibirapuera, haverá a conversa Design para o futuro circular, com Amanda Costa, do Instituto Perifa Sustentável, e Barão di Sarno, da Questtonó Manyone, e o lançamento no Brasil do Make It Circular Challenge, com Bebel Abreu. A partir das 13h, estão programadas duas oficinas de criação de objetos, uma de montagem de brinquedo, para crianças e outra com o tema “design para saúde”, para maiores de 16 anos.

Confira a programação completa:
10h às 10h15 – Abertura da Exposição Design e Economia Circular, por WDCD, com Consulado dos Países Baixos e Dapoda

10h15 às 11h – Caminhada de reconhecimento das árvores do Parque Ibirapuera, com Dapoda

11h20 às 11h45 – Design para o futuro circular e lançamento do WDCD Make It Circular Challenge, com Barão di Sarno / QuesttoNó Manyone, Amanda Costa / Perifa Sustentável e Bebel Abreu / WDCD

12h30 às 13h30 – Oficina de objeto de madeira de poda (para maiores de 16 anos), Dapoda

14h às 15h – Oficina de brinquedo de madeira de poda (infantil), Dapoda

Saiba mais sobre economia e design circular no Podcast LadoQ, episódio Bem estar sustentável #06: O design como peça-chave para a economia circular, com Barão di Sarno, da Questtonó Manyone, Daniel Pan, coordenador de Cocriação e Inovação Empresarial da Firjan e Bebel Abreu, da Mandacaru / WDCD BR.

 

SOBRE O WHAT DESIGN CAN DO
O What Design Can Do foi criado em 2011 na Holanda partindo da premissa propositiva (o que podemos fazer) para mobilizar a indústria criativa a contribuir na resolução dos grandes problemas da nossa geração. Presente desde 2015 no Brasil e representado pela Mandacaru Design, o WDCD já produziu diversas conferências em Amsterdã, São Paulo e Cidade do México, e também promove Design Challenges que premia iniciativas dos 5 continentes, cada ano com um tema.

SOBRE A MANDACARU
Mandacaru Design é a parceira do What Design Can Do no Brasil. Como um estúdio de produção e comunicação com mais de uma década de experiência em gestão cultural e eventos, a Mandacaru cultiva uma extensa rede de colaboradores, tanto local como internacionalmente. Desde 2015 a Mandacaru tem sido a parceira brasileira do What Design Can Do, produzindo conferências, desafios e workshops de sucesso no Brasil.

SOBRE A FUNDAÇÃO IKEA
Fundação IKEA é uma filantropia estratégica que concentra seus esforços de doação no combate às duas maiores ameaças ao futuro das crianças: pobreza e mudanças climáticas. Atualmente, concede mais de 200 milhões de euros por ano para ajudar a melhorar a renda familiar e proteger o planeta das mudanças climáticas. Desde 2009, a Fundação IKEA concedeu mais de 1,5 mil milhões de euros para criar um futuro melhor para as crianças e suas famílias. Em 2021, a Fundação decidiu fazer mais 1 bilhão de euros nos próximos cinco anos para acelerar a redução das emissões de gases de efeito estufa.

 

Coalizão Verde
Author: Coalizão Verde
Sobre o/a Autor(a)
Coalizão Verde é a união dos portais de notícias Neo Mondo, O mundo que queremos e 1 Papo Reto com o objetivo de maximizar os esforços na cobertura de temas ligados à preservação ambiental.
Mais artigos