a-nova-versao-da-casae

A nova versão da CasaE

Imagine, caro leitor, um objeto que está em suas mãos ou ao seu redor. As chances de que ele tenha componentes desenvolvidos a partir do uso da química fina é de quase de 100%. Afinal, estas moléculas extraídas de componentes orgânicos e inorgânicos estão presentes em medicamentos, alimentos, defensivos agrícolas, borrachas, tintas… A lista é imensa. Tanto que a subsidiária da alemã Basf decidiu reunir boa parte de seus produtos em uma edificação high-tech: a Casa Ecoeficiente, mais conhecida como CasaE. O imóvel  de 400 m² está instalado num terreno em Santo Amaro, bairro de classe média da Zona Sul de São Paulo, e funciona como um show-room de tecnologias sustentáveis.

Na lista estão desde tintas e vernizes capazes de proteger as paredes das intempéries, reduzir o calor e a umidade interna, além de espumas que garantem conforto acústico. No total, ao longo do ciclo de vida de 40 anos da CasaE é possível reduzir em 64% o consumo de água, em 17% o de energia e em 26% as emissões de gases de efeito estufa em relação a uma edificação erguida pelo método convencional.

a-nova-versao-da-casae
O CEO Bock (primeiro à dir.) veio da Alemanha para o evento

Trata-se da terceira versão da CasaE, desde 2013. O terreno também abriga uma versão popular de casa tecnológica (veja link abaixo com detalhes sobre o modelo). Desta vez, além de exibir sua linha de produtos premium, a indústria química se cercou de 27 parceiros e cinco apoiadores, em diversas áreas. Eles são responsáveis pelo desenvolvimento e instalação de equipamentos complementares que ajudam, por exemplo, a conferir um ar high tech para a edificação.

Começando pelos sistemas de automatização como a assistente virtual BECA, além de cards de Realidade Aumentada e recursos 3D que permitem navegar por dentro de todos os componentes da edificação. A CasaE é vista como um pilar importante da estratégia da Basf para se tornar referência em desenvolvimento sustentável. Prova disso foi a vinda ao Brasil, na segunda-feira (11/12), do presidente mundial empresa, Kurt Bock. “A inovação, através da química, pode ser a chave para a transformação mais rápida e sustentável no jeito como as pessoas vivem”, destacou.

 

SAIBA MAIS:

Sobre projetos residenciais da Basf

Por dentro da CasaE (copie e cole o link a seguir na barra de seu navegador)

file:///C:/Users/rosen/Downloads/Infogra%CC%81fico%20CasaE%20VFOK%20(1).pdf

 

 

 

(Visited 46 times, 1 visits today)