Café com consciência ambiental

O Sul de Minas Gerais é uma região conhecida pelo relevo acidentado, onde se destacam montanhas cujo cume estão em até 1,2 mil metros do nível do mar. O clima ameno propiciou o cultivo de inúmeras culturas. Mas a principal delas é o café. E um dos destaques nesta atividade é a centenária Fazenda Recanto Machado, implantada em 1896 e que se espalha por 475 hectares. Mas é sobre o que acontece em 170 hectares que nos interessa. O terreno abriga pés de café das variedades Bourbon amarelo, Rubi, Catuaí amarelo e Bourbon-anão que rendem cerca de seis mil sacas a cada colheita. Uma parte é processada lá mesmo e vendida apenas na região. A partir de agora, estará também à disposição de consumidores de outros pontos do país.

Pelo menos é o que esperam os controladores da Fazenda, Maria Selma Magalhães Paiva, integrante da quarta geração da família, e seu marido Afrânio José Ferreira Paiva. Isto será possível graças a inclusão da propriedade no Made in Farm, plataforma online desenvolvida pela subsidiária da Bayer. “Nosso objetivo é aproximar o produtor do mercado de food service”, explica Cristiane Lourenço, gerente de sustentabilidade e food chain da Bayer para o Brasil. “A plataforma será autossustentável financeiramente e as transações serão realizadas entre as partes sem a nossa ingerência”.

Segundo ela, o projeto começou a ser desenhado há dois anos e meio e a ideia é que a plataforma seja replicada em países da América Latina como Argentina, Colômbia e a região do Caribe. Por aqui, as ambições são modestas, apesar de a multinacional alemã contar com cerca de 100 produtores rurais em sua carteira de clientes, dos quais, cerca de oito mil são cafeicultores, e existir 665 mil empresas de food service. “Não temos nenhuma meta pré-definida”, diz.

Na apresentação da plataforma, ocorrida hoje cedo numa cafeteria no bairro dos Jardins, área nobre da cidade de São Paulo, ficou claro que a plataforma está em ritmo de aceleração. São apenas quatro produtores oferecendo as versões de café torrado e moído em pó e em cápsulas. “A vantagem de quem entra na plataforma é a visibilidade”, destaca Afrânio, que administra a Fazenda Recanto. Pelo lado dos comerciantes, tem o aspecto de estreitar o relacionamento com produtores que passaram pelo crivo da Bayer e têm história no setor em que atua.

 

 

(Visited 22 times, 1 visits today)