Baiana que mapeou genoma da COVID-19 conta os bastidores de pesquisa

 Ajude 1 Papo Reto a continuar divulgando as grandes iniciativas em ESG, inovação e empreendedorismo de impacto social: ANUNCIE ou faça uma DOAÇÃO

 

A cientista Jaqueline Goes de Jesus ganhou visibilidade depois de sequenciar os primeiros genomas do novo coronavírus na América Latina e agora faz parte do grupo de pesquisadores da ação global #EquipeHalo (em inglês #TeamHalo), criada pela Organização das Nações Unidas (ONU). A campanha envolve profissionais de vários países do mundo e de respeitadas instituições, como a Universidade de São Paulo (USP), Harvard, Imperial College London e Wits University, que estão em busca da vacina para pôr fim à pandemia. Eles aceitaram o desafio de atualizar e aproximar o público de seus trabalhos em perfis nas redes sociais. (Acesse o site oficial do projeto, aqui).

Desenho de Maurício de Sousa (divulgação)A iniciativa revela o cotidiano dos cientistas, chamados de “guias”, que trabalham com pesquisas sobre a COVID-19. De forma voluntária, eles contam suas histórias e postam vídeos que destacam a seriedade e o empenho de todos em conter a pandemia, além de responder perguntas do público e esclarecer sobre boatos e informações incorretas. Os cientistas desejam enfatizar a natureza global do trabalho e reconhecer a contribuição de milhares de pessoas ao redor do mundo para conter a pandemia.

Para a pesquisadora Jaqueline Goes de Jesus, desenvolver uma comunicação mais acessível e didática com o público é gratificante: “Trazer informações para a população sobre o que temos feito em uma linguagem mais simples é uma forma de devolver à sociedade todo o investimento que tem sido feito ao longo dos anos. Eu criei um perfil no TikTok para começar a produzir conteúdos para o projeto e estou gostando bastante. Estou aprendendo a usar a ferramenta e descobrindo um mundo de possibilidades criativas”. (Acesse os vídeos, aqui)

Além da cientista, o Brasil conta com mais três guias: os pesquisadores Natalia Pasternak, Gustavo Cabral de Miranda e Rômulo Neris. Novos nomes serão anunciados em breve. 

Leia o texto original, publicado no portal da ONU Brasil, aqui.