O que aprendemos com a Vida Secreta das Árvores

O que aprendemos com a Vida Secreta das Árvores

 A leitura de “A Vida Secreta das Árvores - o que elas sentem e como se comunicam”, do engenheiro florestal e pesquisador Peter Wohlleben, é pura poesia.

Desperta os sentidos e aguça o olhar para esses seres vivos com os quais convivemos diariamente e, muitas vezes, não prestarmos atenção além de olhar a sua beleza ou aproveitar sua sombra fresca. 

 Ajude 1 Papo Reto a continuar divulgando as grandes iniciativas em ESG, inovação e empreendedorismo de impacto social: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou faça uma DOAÇÃO

 

O livro nos apresenta, de forma simples e didática, a um universo que, certamente, muda o nosso olhar sobre as árvores.  A gente descobre que as árvores não são assim tão diferentes de nós.

Logo no início, Peter Wohlleben propõem uma reflexão: “Por que as árvores são seres tão sociais? Por que compartilham seus nutrientes com outras da mesma espécie e, com isso, ajudam suas concorrentes? Os motivos são os mesmos que movem as sociedades humanas: trabalhando juntas, elas são mais fortes.”

Muito antes de nós, seremos humanos, elas já tinham criado uma rede de conexão e comunicação que hoje chamamos de internet das florestas. Essa rede está fora do nosso alcance visual. Está no solo e é formada pelos micélios (filamentos extremamente finos) dos fungos.  Juntos, árvores e fungos trabalham em parceria, aumentando a área de atuação da raiz, trocando nutrientes e até combatendo espécies intrusas, inclusive o ataque de bactérias e fungos nocivos.

Ainda nos falta ampliar nosso olhar e aprender como conviver com as árvores e as florestas de forma tão harmoniosa e colaborativa quanto fungos e árvores. As árvores e as florestas são um potente aspirador de CO2, um dos principais responsáveis pelo aquecimento global. Elas também são responsáveis pela manutenção do regime e do volume de chuvas (via respiração e transpiração) e por garantir que essa água volte a penetrar no solo, fazendo com que esse ciclo seja contínuo. Só isso já seria argumento suficiente para compreendermos a nossa estreita conexão com elas. Sem as árvores e as florestas, nossa vida é posta em risco.


 
Peter Wohlleben, no entanto, não politiza suas observações e pesquisas. Ele simplesmente nos conduz ao universo mágico das árvores sob diferentes aspectos, situações e ambientes.

Nos ensina, por exemplo, que quando nos maravilhamos com a mudança das cores das árvores no outono, elas estão na verdade, guardando energia/nutrientes para sobreviver ao inverno.  Que o melhor sabor dos vinhos armazenados em barris de carvalho são um efeito colateral do processo da liberação de inibidores (os taninos) de insetos e da decomposição da madeira quando o tronco do carvalho é ferido. Para quem gosta do contato com a natureza, é uma leitura fascinante.

Milena Miziara
Author: Milena Miziara
Sobre o/a Autor(a)
Milena Miziara é jornalista. Desde 2019 também atua como sócia-fundadora da marca de frutas Laverani Orgânicos (SP)
Mais artigos